05/10/2012

Fujo de Te Ver - Henrique Cerqueira




Eu olhos fotos na Internet de você com outro, pra me convencer

E matar de dor a esperança, mas não dá
Eu te excluí dos meus contatos, apaguei cada mensagem de amor
Fala coração, onde é que eu acho o teu botão de deletar?



Ela brincou com o meu coração
E não há razão pra esse amor tão sem noção
Mas eu preciso, eu não quero te querer, sigo lutando pra esquecer



Fujo de te ver, pra ver se eu me encontro pra viver
Mas sempre quando eu caio em mim
Morando do meu peito está você.
Eu fujo de te ver, mas a saudade insiste em me lembrar
Tentei de tudo pra não te querer
Mas quanto mais eu tento, eu vejo que não dá



Eu olhos fotos na Internet de você com outro, pra me convencer
E matar de dor a esperança, mas não dá
Eu te excluí dos meus contatos, apaguei cada mensagem de amor
Fala coração, onde é que eu acho o teu botão de deletar?



Ela brincou com o meu coração
E não há razão pra esse amor tão sem noção
Mas eu preciso, eu não quero te querer, sigo lutando...



Eu fujo de te ver, pra ver se eu me encontro pra viver
Mas sempre quando eu caio em mim
Morando do meu peito está você.
Eu fujo de te ver, mas a saudade insiste em me lembrar
Tentei de tudo pra não te querer
Mas quanto mais eu tento, eu vejo que não...



Eu tento, tento e não aguento mais, eu não quero mais, não dá, não dá.
E passe o tempo você não passará, eu tento, tento a saudade mata, mata.
Eu me pergunto cadê você? Eu não consigo te esquecer, eu amo você.