06/11/2011

Tão Raros - Thiago Grulha



Nem sempre as coisas dão certo...
Dias nublados em tempo de primavera, isso não é legal.
Tudo escuro apagaram até as velas, isto não é normal.
E eu que pensei que o riso chegou pra ficar.
Me enganei.
Eu já cantei e agora não quero cantar, me calei.

Dias felizes são tão raros quando a gente perde alguém.
Dias tão tristes eu encaro, sem você aqui meu bem.
Cadê você, eu não consigo te esquecer.
Cadê você, volta pra mim.

Eu fico deitado pensando em como era ouvir tua voz.
Com você do meu lado vencia as guerras, nunca estava só.

E eu que pensei que o riso chegou pra ficar.
Me enganei
Eu já cantei e agora não quero cantar, me calei

Dias felizes são tão raros quando a gente perde alguém.
Dias tão tristes eu encaro, sem você aqui meu bem.
Cadê você, eu não consigo te esquecer.
Cadê você, volta pra mim.
Cadê você, eu não consigo te esquecer.
Cadê você,volta pra mim...